Religião e eleição de 1989

Em 1989, o apoio de religiosos de todas as confissões foi amplamente buscado pelos candidatos.

Nada do que não siga acontecendo até hoje.

Ainda não se tinha claro o potencial eleitoral dos evangélicos pentecostais.

Sua escolha, no entanto, era transparente: Fernando Collor.

10704069_10203092650825424_1574586161381508161_n“A opção de líderes evangélicos por Collor, além de demonstrar o apreço pelo candidato do PRN, dava-se em contraponto a uma possibilidade que lhes parecia terrível: a vitória de um candidato de esquerda. Segundo noticiado no jornal O Estado de São Paulo, por exemplo, todos os então oito mil pastores da Igreja Quadrangular receberam uma carta, enviada pelo presidente da Ordem, Eduardo Ezdrogevsc, pedindo que os fiéis fossem orientados a não votar em Lula, Brizola, Mario Covas e Roberto Freire. Na carta, o líder justificava; ‘A esquerda tem dificultado o nosso trabalho em todo o mundo’.”

página 67 – 1989 – A Maior Eleição da História – Rodrigo de Aguiar Gomes

Anúncios

Sobre Rodrigo de Aguiar Gomes

Historiador
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s